Plataforma de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador será apresentada na Feira de Soluções para Saúde

 

Renast online apresenta ferramentas e dados de sistemas de informação de abrangência nacional que auxiliam a análise da situação da saúde do trabalhador

 

Por Nathállia Gameiro

 

A saúde do trabalhador é a área que se preocupa com a relação da pessoa com o seu ambiente de trabalho. Ela realiza ações de vigilância sanitária e epidemiológica, promove saúde e ambientes de trabalho saudáveis, ações de promoção da saúde e análises de situação de saúde, como forma de evitar o adoecimento relacionado ao trabalho.

Como forma de institucionalizar, fortalecer e implementar a Política Nacional de Saúde do Trabalhador no Sistema Único de Saúde (SUS), em 2002, foi criada a Rede de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (RENAST), para implementar as ações de uma atenção diferenciada para os trabalhadores na rede de serviços de saúde. A rede está organizada com ações assistenciais, de vigilância e promoção da saúde, nas linhas de cuidado da atenção básica, da média e alta complexidade ambulatorial, pré-hospitalar e hospitalar.

Há 10 anos, foi criada a plataforma Renast online, que disponibiliza informações e ferramentas e incentiva práticas de comunicação e formação para apoiar o fortalecimento da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador. A Renast será apresentada na Feira de Soluções para Saúde, que será realizada no Ceará entre os dias 16 e 19 de outubro, durante a Feira do Conhecimento.

O coordenador do Renast online e pesquisador da Fiocruz Brasília, Augusto Campos, explica que o projeto nasceu na tradição dos observatórios de saúde pública e vem desenvolvendo práticas e ferramentas para a dinamização de redes sócio técnicas, a partir da comunicação, divulgação científica e acesso à informação. “Ultrapassamos a marca de 1,3 milhão de visitantes e lançamos um novo site, com melhor usabilidade e indexação de conteúdo, além uma nova ferramenta de acesso a dados. Nesse ano, vamos nos dedicar especialmente ao fortalecimento de nossas parcerias intra e interinstitucionais em municípios e estados”, afirma Campos. A plataforma tem alcançado mais de 40 mil visualizações de páginas por mês

Em 2015, a Renast online foi incorporada pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) e hoje, conta com a participação de pesquisadores e colaboradores do Ministério da Saúde e da Fiocruz Brasília, por meio do Programa de Promoção da Saúde, Ambiente e Trabalho (PSAT). Essa articulação com o Ministério da Saúde e outras instituições é importante para a continuidade da rede de comunicação e produção de análise de informação, e pela maior divulgação de informações sobre saúde do trabalhador.

De fácil navegação, o site traz notícias, cartilhas, boletins epidemiológicos, glossário, manuais, protocolos, cadernos e recursos educacionais com dados que auxiliam a análise de situação de saúde e o controle social. Todos os conteúdos estão organizados por classificações de territórios, ocupações, atividades econômicas e doenças.

Na plataforma é possível encontrar ainda verbetes mantidos em parceria com pesquisadores e técnicos da área, resumindo temas e conceitos relevantes para a saúde do trabalhador, atualizados periodicamente e revisados por pesquisadores e técnicos da área, sobre temas como saúde mental, violência, formação em saúde do trabalhador, legislação, vigilância de acidentes de trabalho e de ambientes, territórios saudáveis e sustentáveis e riscos químicos.

As fontes de dados são de três sistemas de informação de abrangência nacional: Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN), Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e Anuário Estatístico de Acidentes de Trabalho (AEAT), com informações sobre agravos relacionados ao trabalho, afastamentos, aposentadorias, acidentes de trabalho, trajeto e óbitos,  preparadas para apoiar ações de Vigilância em Saúde do Trabalhador.
A coordenadora da CGST, Karla Baeta, ressalta a importância deste canal de comunicação que permite que públicos diversos: profissionais do SUS, pesquisadores, trabalhadores e população em geral, tenham acesso a informações sobre temas de interesse à saúde do trabalhador. Reforça que os 10 anos de existência demonstra que o site já se consolidou como espaço de fortalecimento das pautas em saúde do trabalhador e de exercício democrático da cidadania.

A plataforma busca parcerias com o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) para que utilizem a ferramenta no dia a dia e com pesquisadores e técnicos para a participação e produção de conteúdo.

Feira de Soluções para Saúde

A Feira de Soluções para Saúde tem um formato inovador de apresentar soluções industriais, sociais e de serviços para a saúde. Ceará sedia este ano a terceira edição do evento, de iniciativa da Presidência da Fiocruz, e que reúne pesquisadores, movimentos sociais, instituições públicas e privadas para mostrar suas iniciativas. A primeira Feira foi realizada em Salvador (BA), em agosto de 2017, e abordou o tema Zika e síndromes congênitas. Seus resultados foram bastante significativos: 1.422 pessoas se inscreveram para participar das mais de 50 atividades.

Bento Gonçalves, município do Rio Grande do Sul, recebeu a segunda edição do evento em abril deste ano, com o tema Saúde Única para Territórios Saudáveis e Sustentáveis. A Feira ofereceu espaços para a discussão, propostas e soluções relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e ao conceito de One-Health (que articula as saúdes humana e animal e também o meio ambiente) e contou com mais de 1,5 mil participantes. Trabalhos e soluções com resultados e inovações que buscam a melhoria do atendimento e qualidade de vida da população também foram apresentados em tendas de expositores de diversos municípios do estado durante os quatro dias de evento.

Leave a Reply

− 9 = 1